Energie alternative
Tue 14/08/2018 - 21:08

Energias alternativas: quando a GEODIS opera com gás natural

O transporte rodoviário de cargas é conhecido por sua natureza poluidora. Entretanto, a GEODIS agora oferece aos clientes várias alternativas para o uso do diesel, algumas das quais já estão em uso. Temos o compromisso de usar veículos movidos a gás natural desde o seu surgimento, há mais de dez anos, e a GEODIS possui todo o conhecimento necessário para apoiar seus clientes nesse campo.

Uma alternativa ao diesel é o uso de veículos elétricos. A frota da GEODIS oferece essa solução há vários anos, e somos os primeiros a fazê-lo em termos do número de veículos de “pequeno transporte” que usamos na França. Esses veículos com bateria de duração limitada são bem adaptados ao transporte de pequenas cargas e entregas urbanas ao destino final.

No que diz respeito ao transporte de longa distância, será necessário esperar até 2019 pela próxima geração de veículos elétricos, que prometem maior capacidade de carga e vida útil da bateria. “Estamos acompanhando de perto essas tendências e, em parceria com nossos fabricantes, estamos prontos para mudar para essa nova energia”, afirma Philippe de Carné, vice-presidente de Excelência Empresarial e Inovação da GEODIS.

Escolhendo o gás natural

Hoje, a verdadeira alternativa ao diesel é o gás natural. Ele permite uma redução de 70% nas emissões de óxido de nitrogênio (NOx) e uma redução de quase 100% nas emissões de partículas. Um fator importante que bloqueia o desenvolvimento dessa energia alternativa é a rede de baixa densidade das estações de distribuição de gás pela França e em outros lugares da Europa.

Apesar do lento início do desenvolvimento dessa rede de distribuição, a GEODIS vem utilizando gás natural em todos os países europeus onde opera uma frota. “Envolve a integração de veículos movidos a gás natural nos planos de transporte e, portanto, a redução do impacto ambiental”, explica Carné.

Na Espanha, por exemplo, a GEODIS acaba de renovar seu plano de transporte para atender às exigências ambientais de um de seus clientes. Ao oferecer a seus clientes veículos a gás natural liquefeito (GNL), o grupo está abrindo o caminho para outras iniciativas semelhantes no setor de transportes. Com mais de 400 hp e duração da bateria por 1.500 km, 12 caminhões agora fazem viagens regulares entre Madri e Barcelona. Os custos de compra e manutenção desses veículos certamente são altos, mas são compensados pelo preço do gás natural liquefeito, que é mais barato que o diesel. O investimento é recuperado em 5 anos.

“Temos investido em gás natural há vários anos”, afirma Carné. “Nossa estratégia atual é apoiar os nossos clientes, levando em consideração o perímetro geográfico que precisa ser coberto. Nossa posição intermediária entre o fabricante e o expedidor nos permite oferecer um serviço customizado que atenda às expectativas dos nossos clientes, também reduzindo o nosso impacto ambiental.”
 

escolhendo o gás natural

Em direção a um futuro de “biogás”?

Enquanto o gás natural é uma alternativa que está começando a ser comprovada, a GEODIS também está analisando o biogás (metano produzido a partir de biomassa). Ainda é muito cedo para considerar o uso do biogás, mas o potencial é considerável. Na verdade, ao contrário do gás natural liquefeito ou dos combustíveis fósseis, o biogás tem uma grande vantagem: sua emissão de carbono é quase zero.

 

*(fonte: ACEA)

Share it

Energias alternativas: quando a GEODIS opera com gás natural

Centro de especialização em logística

Inventory by drone

Na GEODIS, o controle de estoque de armazéns com o uso de drones está em andamento

Tags
Robotização

Corpo

A GEODIS tem experimentado realizar o inventário de armazéns com drones há quase dois anos.

Ler artigo
Energie alternative

Energias alternativas: quando a GEODIS opera com gás natural

Tags
Emissão de carbono

Corpo

O transporte rodoviário de cargas é conhecido por sua natureza poluidora.

Ler artigo
Quatre avantages à s’équiper de robots dans votre entrepôt

Quatro benefícios que os robôs trazem ao seu armazém

Tags
Robotização

Corpo

Coleta robótica de pedidos aumenta a produtividade da cadeia de abastecimento em 100%

Ler artigo

Novidades GEODIS

Precisa de ajuda?

Fique atento